O processo de criação de sites - Divulgação do site

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Sejam todos bem vindos(as) a mais um artigo da série "O processo de criação de sites". Nesta série vamos abordar as etapas necessárias para o desenvolvimento de um site com a finalidade de ajudar, principalmente os novos desenvolvedores, a obterem êxito em seus primeiros trabalhos.

Estamos chegando finalmente ao final do processo como um todo, e nesta etapa (a penúltima por sinal) precisamos fazer as campanhas de divulgação do site que acabados de desenvolver. Muitos desenvolvedores somente fazem esta divulgação se o cliente contratar este "serviço" no início do processo, mas eu entendo que você deve colocar automaticamente alguns reais a mais em seu contrato e fazer a divulgação indiferente da solicitação do cliente.

Como na grande maioria dos casos criamos sites para empresas locais/regionais, eu entendo que esta divulgação fará a satisfação do cliente subir alguns degraus em relação ao seu serviço, pois ele vai perceber um pequeno aumento em seu volume de negócios durante o período em que as campanhas estiverem sendo vinculadas.

A partir de agora vou dar alguns exemplos de como você pode divulgar o site do seu cliente para um público segmentado por região, desta forma divulgando a marca para quem realmente importa.

Jornais e rádios locais

Quase todas as cidades tem um jornal local no qual você pode comprar espaços publicitários, fazendo sua propaganda para um público bem segmentado. Porém nas últimas experiências eu não tive um bom retorno, e acabei percebendo que a pessoa que lê o jornal em sua grande maioria não acessa a internet, ou seja, o site não vai receber a visita das pessoas que estiverem vendo o anúncio no jornal.

Outro porém é que os anúncios em jornal estão saindo mais caro que outras mídias, o que acaba tornando o investimento inviável se você trabalha com um orçamento baixo para a divulgação.

Se sua cidade tiver uma rádio esta é uma alternativa de divulgação, mas no meu ponto de vista chegaremos ao mesmo resultado do jornal. Rádios e jornais são muito bons para divugar a marca da empresa, mas não para divulgar um site.

Guia comercial da cidade

Outro dia eu falei em um vídeo (clique aqui para ver) sobre os guias comercias ou listas telefônicas regionais, quem tem por objetivo divulgar empresas e prestadores de serviços locais. Neste caso, o retorno até que é interessante, uma vez que por tratar-se de um guia comercial, a pessoa que estiver em busca de um serviço especializado, muito provavelmente irá para o site da empresa para conhecê-la melhor.

Porém novamente estamos falando de um investimento relativamente alto, e novamente chegamos a um impedimento de cunho financeiro.

Anúncios no Facebook

Agora estamos falando de um público que já está conectado, e por sua vez propenso a acessar o site que está sendo divulgado. Os anúncios no Facebook se tornaram uma grande (quase infinita) fonte de divulgação, pois podemos comprar anúncios por R$ 10,00 e atingir cerca de 5.000 pessoas com este orçamento.

A possibilidade de segmentar a exibição dos anúncios por cidade, faixa etária, gênero e outros filtros garante que somente quem realmente interessa para a empresa verá a publicidade. Eu já fiz várias campanhas no Facebook para público local e o retorno foi muito bom.

Anúncios no Google

Assim como os anúncios do Facebook, o Google Adwords também é uma boa forma de divulgação, porém aqui o público em sua grande maioria será de pessoas que estão procurando algo relacionado com sua empresa na web.

Podemos também segmentar utilizando diversos parâmetros bem interessantes, além de escolher palavras chave para as quais nosso anúncio será exibido. O investimento também é bem flexível, e pode ser adequado para vários orçamentos.

Conclusão

Basicamente estes são os principais meios de divulgar um novo projeto de nível local/regional. Para saber qual será o melhor para usar, somente os testes poderão lhe dar uma resposta concreta, portanto não tenha medo de investir um pouco para aprender, isso é natural em nossa áreal (ao menos deveria ser).

O fato é que não podemos simplesmente entregar um novo projeto, sem ajudar o cliente a dar o pontapé inicial para divulgá-lo. Ajude o cliente e ele lhe será eternamente grato!

Mais posts desta série

Este post faz parte de uma série, confira tudo que já foi publicado sobre o mesmo assunto.

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 4 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

Deixe seu comentário