O processo de criação de sites - Hospedagem

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Sejam todos bem vindos(as) a mais um artigo da série "O processo de criação de sites". Nesta série vamos abordar as etapas necessárias para o desenvolvimento de um site com a finalidade de ajudar, principalmente os novos desenvolvedores, a obterem êxito em seus primeiros trabalhos.

Feita nossa bateria inicial de testes (em um servidor local e outro remoto) é hora de escolher a casa onde o site irá ficar, ou seja, a hospedagem para nosso sistema. Parece que esta etapa é a mais simples de todas, mas não é bem assim na prática.

Escolher um bom host não é tarefa fácil e pode levar alguns anos, isso mesmo, anos até chegarmos a uma boa solução. Quando é um site de baixa visitação, como uma pequena empresa por exemplo, tudo fica mais simples, mas se os acessos ficam na casa dos 3 a 5 mil visitantes diários o realidade muda bastante.

Para contratar um bom host, é primordial conhecer as diferenças entre as soluções existentes no mercado, e a partir de agora vou entar explicar o básico sobre os quatro tipos de solução em hospedagem atualmente disponíveis.

Hospedagem compartilhada

É a solução mais comum e de menor preço entre todas as opções, preço este muitas vezes decisivo na hora da escolha. Neste tipo de hospedagem, um único servidor comporta vários sites em um ambiente compartilhado, ou seja, todos os sites dividem (as vezes de forma não muito igualitária) todos os recursos do servidor.

Se um site sobrecarregar o server, todos os demais ficarão lentos/inacessíveis também, por isso este tipo de sistema não é muito justo com todos (existem excessões). Host compartilhado é indicado para sites pequenos e com pouca visitação, e tem um ótimo custo/benefício para estas situações. Oferece recursos satisfatórios para quase todas as necessidade de pequenos negócios.

Prós: preço acessível e fácil configuração.
Contras: divisão "injusta" dos recursos, dificilmente suporta picos de visitação e não permite controle total sobre a conta (SSH por exemplo)

Servidor dedicado

Neste caso você contrata um servidor exclusivo para você, ficando ele responsável por atender somente um site (ou quantos você colocar no server). É uma solução confiável mas requer alguns conhecimentos avançados em gerenciamento de servidores ou então um orçamento bem generoso para contratar um plano com gerenciamento e suporte incluso.

Prós: controle total do servidor e suporta grandes volumes de tráfego
Contras: preço elevado e precisa de conhecimentos avançados para gerenciamento

VPS (Virtual Private Server)

Esta é uma solução intermediária entre o host compartilhado e o dedicado. Um VPS nada mais é que uma máquina virtual sobre a qual você tem controle total assim como um dedicado, porém o hardware é compartilhado entre vários VPSs dentro do mesmo servidor.

Um VPS bem configurado pode ser até mais eficiente que um dedicado, porém com um preço bem mais em conta, porém requer conhecimentos avançados assim como na opção anterior.

Prós: preço intermediário, controle total do VPS e suporte a volumes significativos de tráfego
Contras: se a empresa vender muitos VPSs em um mesmo server o desempenho será péssimo e precisa de conhecimentos avançados para gerenciamento

Cloud hosting

Aqui a discussão é muito mais complexa, uma vez que existem hospedagens em ambiente cloud, dedicados e VPS também em ambiente cloud. Mas vamos tentar resumir da seguinte forma:

Um ambiente "cloud" tem como principal objetivo ser elástico, ou seja, quando seu site exigir mais recursos (em um pico de acessos) o sistema irá alocar automaticamente recursos suficientes para que o site não fique fora do ar, e quando a demanda diminuir estes recursos extras serão subtraidos.

Este tipo de solução é indicado para sites de eventos por exemplo, que irão receber um grande volume de visitas em determinados momentos, mas não 24 horas por dia. É um sistema 100% seguro no que diz respeito a disponibilidade, mas tudo tem seu preço.

Prós: comporta praticamente qualquer volume de tráfego
Contras: exige conhecimentos avançados para configuração e gerenciamento e o valor é altíssimo

Conclusão

Como vimos, existem várias soluções dependendo de cada necessidade. Cada projeto terá suas particularidades e o host ideial deve ser escolhido a dedo, levando-se em conta não só os preço e os recursos, mas também a seriedade da empresa que fornece o serviço.

Espero que este artigo tenha sido útil e ajude você a escolher o melhor host para seus clientes. Se quiser compartilhar alguma dica ou sugestão basta comentar este post, até o próximo.

Mais posts desta série

Este post faz parte de uma série, confira tudo que já foi publicado sobre o mesmo assunto.

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 8 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

  • alex.valle comentou em

    Tenho uma revenda na hdr, eles sao bom para dar suporte também. Só que pelo que verifiquei, o preço da Innova é bom também.

    Gostaria de saber se por exemplo, eles dão suporte no final de semana (domingo por exemplo)?
    Qual o tempo estimado para eles responderem um ticket?

    Sesão bons de suporte também, pois tenho vários clientes e qualquer queda que ocorre, eles já me ligam e enviam mensagem

    Responder
  • carlos comentou em

    Oi gostaria de saber se ja precisou do suporte técnico e se ja qual foi sua experiência, gostaria de saber também se ja ouviu falar na hostgator pois ja li pela internet boas recomendações ja ouviu falar nesta empresa ? Obrigado pelo artigo e grande abraço

    Responder
    • Durante mais de 3 anos eu fiquei pulando de uma empresa pra outra justamente por conta do suporte. Com as atuais que venho trabalhando há aproximadamente 18 meses sempre que precisei tive o retorno esperado.

      Responder
  • Ricardo estou com uns clientes e quero coloca-los tudo em uma revenda pois quero ganhar um extra na hospedagem você me indicaria uma boa Revenda ? pode ser por e-mail se preferir .

    Responder
  • jonathan nunes comentou em

    olá, to em duvida entre escolher uma boa empresa de hospedagem, meu site tera entre 2 e 3 mil visitantes por dia, qual empresa que vc indica ser melhor para uma hospedagem com bom trafego e bom preço?

    Responder

Deixe seu comentário