Dicas para cobrar seus clientes inadimplentes

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Quem trabalha com prestação de serviço sabe que cedo ou tarde vai precisar cobrar algum cliente que, seja lá por qual motivo, irá atrasar algum pagamento. Com base nessa situação e também em um relato que ouvi de um amigo, resolvi gravar este vídeo com algumas dicas que podem lhe ajudar, principalmente se você não tem conhecimento algum sobre cobrança ou então tem vergonha de cobrar seus clientes.

Acompanhe o vídeo e participe comentando sobre o assunto.

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 11 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

  • Fabricio Lins comentou em

    Bom dia Ricardo, quando há assinatura de contrato não seria possível recorrer à justiça para tentar receber o dinheiro dos caloteiros?

    Abraços.

    Responder
    • A teoria é essa, mas sabemos que na prática ações de cobrança judiciais são demoradas e muitas vezes acabam consumindo boa parte do montante a ser cobrado com advogados e papelada.

      Responder
  • Olá Ricardo, o seu vídeo é bom mas não foi muito útil pra mim pois nunca tive um cliente se quer, que não pagasse, no máximo demorou um dia para pagar :)
    Gostaria muito que se possível você fizesse um vídeo com dicas de como oferecer um serviço ou produto aos clientes,
    e outra, tem aqueles que já fizeram algum serviço que dizem que vão fazer outro, de outra máquina por exemplo, então vc entra em contato um tempo depois e diz que já pode trazer mas eles nunca trazem, não sei como contactar novamente.

    Abraçs

    Responder
  • Ricardo, gargalhei horrores na parte do "FDP por natureza"
    essa foi ótima, porem na minha percpção quando identifico esse 3º tipo ja penso, pronto trabalhei atoa.

    Abração e sucesso :)

    Responder
  • Oto Gugeler comentou em

    Nunca vi algo posto desta maneira, assim claro e objetivo. Parabéns, é isso ai mesmo. Mesmo clientes fáceis de cobrar, são as vezes maioria, precisam de um toque, que pode ser FULANO ESTOU ENVIANDO NOVAMENTE O LINK DA MINHA NOTA FISCAL ELETRONICA, ao receber me informe e se possível me informe também a programação de pagamento. Ir com mil pedras na mão pode destruir o cliente que é um patrimônio intangível da empresa, seria cometida então uma grande tolice, mas algo tem que ser feito. Muito bom este vídeo. Uma aula de cobrança! Obrigado.

    Responder
  • Jonh Reis comentou em

    Embora essas dicas sejam válidas... ando meio receoso com esses métodos de cobrança ... que hoje, terceirizo com serviços simples de cobrança (a exemplo do pagseguro / paypal)
    Embora esses serviços cobram taxa... acrescente essa taxa ao valor do serviço, para que... vc não saia perdendo, os planos de pagamentos são flexiveis, há boleto, podem ser dividido o pagamento pelo cliente, sendo que, recebemos o valor a vista. A cobrança nesse caso, fica ao cargo do Pagseguro, dando enfim, nossa atenção ao nosso trabalho.
    Agora com a novidade de vc poder efetuar o pagamento via celular...etc..etc...
    Não estou fazendo propaganda, nem recebo por isso, seria mais uma possibilidade de como cobrar clientes, que poderia ser acrescentado ao vídeo, Professor... Agradeço ao Rbtech pelas aulas disponibilizadas por aqui...

    Responder
  • antonioqx comentou em

    Eu já passei por esta situação, tive que ir várias vezes na empresa e até mesmo na casa do cliente. Mas consegui receber!!!

    Responder

Deixe seu comentário