Curso de HTML e CSS para iniciantes - Aula 2

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Olá futuros developers, prontos para mais uma aula gratuita de HTML?

Na aula de hoje nós vamos escolher um editor de código melhor para usar daqui pra frente, afinal de contas ninguém cria sites usando o bloco de notas do Windows. De agora em diante, nossas páginas serão editadas no Sublime Text, um editor leve e repleto de recursos que nos serão muito úteis em nossa empreitada.

Para testar o novo editor de código, vamos criar um pequeno exemplo usando as tags H1, P, EM, STRONG e BR, conhecendo assim um pouco mais sobre o princípio básico do HTML.

Assista a aula e não deixe de participar comentando ou compartilhando!

Mais posts desta série

Este post faz parte de uma série, confira tudo que já foi publicado sobre o mesmo assunto.

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 12 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

  • daniel comentou em

    Porque quando eu salvo o código no Sublime Text e vou verifica no Google Chrome, apareci tudo o que eu a via escrito no mesmo ?

    Responder
  • paulo r. barbosa comentou em

    Eu baixei o sublime text, mas ele não aparece cor nenhuma fica tudo em branco, queria saber se tem que configurar para que ele mostre em cores?

    Responder
  • Allisson Brito comentou em

    Estou passando conteúdo sobre Html e estudando também através das Aulas da RBTech show de bola! Também estudei Codeigniter por aqui! Parabéns!

    Responder
  • Carlos Alexandre Zancki Encine comentou em

    Não só o Sublime, mas o Netbeans também dá conta do recado e um recurso bem interessante que ele tem é a possibilidade de gerar o famoso loren ipsum

    Responder
      • Carlos Alexandre Zancki Encine comentou em

        Obrigado pela dica Ricardo e fica como sugestão usar o lorem ipsum nas próximas aulas, pois ao meu ver facilita na hora de colocar algum conteúdo de exemplo e demonstrar o funcionamento das tags HTML.

        Responder
  • Junior Eberhardt comentou em

    achei que tu era o único desenvolvedor a não usar o Sublime Text Ricardo. kkk, é um excelente editor...

    Responder

Deixe seu comentário